<br>
A reprovação do zagueiro Fabão nos exames médicos não significa que o Santos não queira mais o jogador. Nesta sexta-feira, após o treino, o técnico Leão elogiou o zagueiro e disse que vai esperar pela sua recuperação. "Quando o jogador ficar bom, quero ele no meu time", garantiu.

Enquanto isso, Fabão aguarda a liberação de sua equipe – o Kashima Antlers, do Japão – para iniciar o tratamento no Centro de Excelência Rei Pelé. "O tempo está contra o Fabão, mas não tenho dúvida quando à recuperação dele. Conversamos e eu falei para ele não ter pressa", continuou o treinador santista.

No início da semana, Fabão chegou ao Peixe e seu acerto era dado como certo. Mas, nos exames médicos, o jogador foi reprovado por não ter se recuperado completamente de uma cirurgia no tornozelo direito. A lesão de Fabão aconteceu há quatro meses.

<b>Leia também:</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=22956>Os boleiros em busca de um emprego</a>

Leão: 'Quando Fabão ficar bom, quero ele no meu time'

Sem mais artigos