Já imaginou um trio de ataque formado por Ibrahimovic, Cavani e Cristiano Ronaldo? Pois, isso quase acontece no PSG. Ex-diretor esportivo do time francês, o brasileiro Leonardo revelou no último domingo, em entrevista ao canal Telefoot, da França, que o clube investiu pesado para tirar o português do Real Madrid, no último verão, mas sem sucesso.

“Nós pensamos em contratar o Cristiano Ronaldo, fizemos de tudo o que era possível para tentar convencer o jogador a deixar o Real Madrid, mas ele não quis. Foi impossível. O Cristiano Ronaldo nos disse que o PSG tinha um grande plantel, mas preferia continuar no Real”, disse Leonardo, que acabou pedindo demissão do time francês em julho deste ano, após ser punido por empurrar um árbitro.

O nome de Cristiano Ronaldo ganhou força no PSG durante todo o ano de 2013, principalmente em julho, quando os franceses entraram com mais força para tirar o português do Real Madrid.

Porém, apesar do iminente assédio, o dono do PSG, Nasser Al-Khelaifi, deu uma entrevista da época dizendo que o interesse no jogador português era apenas um rumor.

Sem mais artigos