O CIES Football Observatory (Centro Internacional de Estudos
do Esporte) publicou nesta segunda-feira (01) sua análise das cinco ligas
europeias mais importantes – Premier League (Inglaterra), Bundesliga (Alemanha),
Seria A (Itália), Ligue 1 (França) e La Liga (Espanha). Analisando diversos
atributos de cada um dos cinco campeonatos, chegou-se à conclusão que Lionel
Messi
é o atleta mais caro de todos, chegando a um valor impressionante de R$ 731
milhões. A notícia está no site do diário espanhol Sport nesta segunda-feira
(01).

Isso porque, de acordo com a avaliação, o argentino é o
atleta mais completo em todos os quesitos avaliados: chute a gol, distribuição
de jogo, recuperação de bola, dribles e ocasiões de perigo ao adversário. Barbada,
pode-se dizer. Segundo o informe, seu passe valeria entre R$ 629 e R$ 731
milhões, lembrando que sua multa rescisória no Barcelona gira realmente em
torno dos R$ 725 milhões.

Para se ter uma noção, a diferença de La Pulga com o segundo
colocado – Cristiano Ronaldo, do Real Madrid – é cerca de 150% maior, já que o
português é avaliado em valores entre R$ 296 e R$ 344 milhões. Isso é mais do
que o presidente madridista, Florentino Pérez, pagou ao Manchester United
quatro anos: R$ 272 milhões (em cotação atual).

Ainda segundo o CIES Football Observatory, Xavi Hernández
foi o jogador mais decisivo da última temporada, contando suas participações no
Campeonato Espanhol e na Liga dos Campeões. Nos quesitos intervenção de jogo,
capacidade de criar ocasiões de perigo e de buscar os melhores espaços no
campo, o meia do Barça supera o próprio Messi, Juan Mata (Chelsea) e Arturo
Vidal
(Juventus). Nesse quadro, também aparece o brasileiro Willian, ex-Shakhtar Donetsk e atualmente no Anzhi Makachkhala, na quinta posição.

É importante lembrar que o CIES, criado em 1995, se coloca
como um centro de estudos independente, com sede na Universidade de Neuchâtel,
na Suíça, mas responde à Fifa.

Veja na galeria acima os 10 mais valiosos!

Sem mais artigos