O técnico da Itália, Marcello Lippi, disse que convocar o brasileiro naturalizado italiano Amauri para a Copa não será uma decisão fácil.

“Foi uma boa ideia de Roberto Donadoni (ex-técnico da seleção) pedir para o Amauri tirar a cidadania italiana. Quando voltei, também disse que seria interessante, pois ele poderia ser um importante jogador para nós”, disse o técnico deixando claro que não prometeu nada ao jogador.

Amauri está com 29 anos e conseguiu a cidadania italiana no início da semana passada. “O problema é que escolher o Amauri não será das decisões mais fáceis”, concluiu Lippi, deixando a dúvida da convocação no ar.

Sem mais artigos