Apesar da vitória contra o Cabofriense, o clima no Botafogo não parece dos melhores. Em uma carta oficial publicada, o atacante Loco Abreu falou novamente sobre o sistema defensivo utilizado por Joel Santana no time.

“Em momento algum, houve uma crítica, e esta palavra é sempre usada. Não houve crítica. Houve uma cobrança ao time, a mim mesmo, a todos nós. Vestimos a mesma camisa e queremos um objetivo comum. Joel reagiu por que na coletiva de imprensa foi passado para ele como se eu tivesse criticado a ele e a forma do time jogar (…) Não estou aqui para esconder que eu e Joel não temos uma conversa muito fluente, mas temos muito respeito um pelo outro e eu admiro seu trabalho”, afirmou o Uruguaio.

Além de explicar a situação, Loco Abreu avisou que pretende continuar no Botafogo, mas que deixa seu posto a disposição da diretoria alvinegra caso ele esteja incomodando.

“Para finalizar, queria também esclarecer que coloquei e coloco o meu posto à disposição do clube e de sua direção se acham que de alguma forma possa estar errado e atrapalhando. Quero muito permanecer. Me sinto bem no Botafogo e aqui fui bem acolhido. Quero vencer, mas se a minha personalidade e forma de pensar estiverem incomodando, prefiro mudar de ares”, completou Loco Abreu. Leia abaixo a carta na íntegra:

Sem mais artigos