Faltando dez dias para o início dos Jogos Olímpicos de Londres, a capital britânica já começa a apresentar alguns problemas de transporte, especialmente na estrada que une o aeroporto de Heathrow ao centro, que registra intensos congestionamentos.

Pensando em facilitar o deslocamento das delegações do aeroporto de Heathrow até a Vila Olímpica de Stratford, as autoridades britânicas criaram uma linha especial nesta estrada, a chamada M4, que funciona das 5h às 22h (horário local).

Essa linha especial, no entanto, tem provocado imensos congestionamentos na região. O caso de maior repercussão foi o do atleta americano Kerron Clement, duas vezes campeão mundial dos 400 metros com barreiras, que passou quatro horas em um ônibus para chegar à vila olímpica nesta segunda.

O americano foi um dos primeiros atletas a desembarcar em Heathrow para participar dos Jogos de Londres, que serão iniciados no dia 27.

Segundo o próprio Clement, que comentou o fato no Twitter, o motorista de seu ônibus se perdeu e, por isso, ficou rodando com os atletas por Londres durante quatro horas.

Neste sentido, o prefeito de Londres, Boris Johnson, preferiu minimizar o fato e afirmou que o tempo gasto entre o aeroporto e a Vila Olímpica deverá ser reduzido com o passar dos dias.

Em breves declarações à imprensa, Johnson também destacou que os atletas que já estão na Vila Olímpica ficaram “boquiabertos” ao ver a estrutura das instalações.

Já no metrô, os passageiros são orientados a evitar a linha Central, que une o centro com o leste cidade, em certos horários do dia, já que essa é a maneira mais fácil para se chegar a Stratford e, por isso, costuma apresentar uma grande aglomeração de pessoas.

Sem mais artigos