O capitão da seleção uruguaia, Diego Lugano, admitiu neste domingo (14) que é fundamental que a ‘Celeste’ vença a seleção boliviana, fora de casa, pela 10ª rodada das Eliminatórias, já que a classificação para a Copa do Mundo “corre perigo”.

O confronto acontece na próxima terça-feira, no estádio Hernando Silles, em La Paz, onde a equipe comandada por Oscar Tabarez busca reabilitação. Nos últimos três jogos, o Uruguai só marcou um ponto. Na última rodada, na sexta-feira, caiu diante da Argentina, também fora de casa, por 3 a 0.

“Perdemos o rumo em vários jogos após receber um gol e isso não pode voltar a se repetir”, afirmou o ex-jogador do São Paulo, que não atuará contra a Bolívia, por ter recebido terceiro cartão amarelo na derrota contra os argentinos. “Agora, cada jogo para nós é como uma final”, enfatizou o defensor.

A ‘Celeste’ está na quarta posição nas Eliminatórias, com 12 pontos ganhos. O Chile, que está em quinto – colocação que leva o país para a repescagem – tem a mesma pontuação, enquanto a Venezuela, primeira fora da zona de classificação, tem 11.

Além de Lugano, também estão fora da partida os titulares Diego Godín e Martín Cáceres, que estão suspensos.

Sem mais artigos