A noite começou tensa para os são-paulinos. Mas, apesar de sair atrás, os pouco mais de 30 mil torcedores que acompanharam o time no Morumbi observaram a virada do São Paulo e a classificação com um 3 a 1 ante a Ponte Preta.

O São Paulo até começou pressionando, mas foi a Ponte Preta que abriu o marcador. Após cruzamento de Cicinho aos 13 minutos, Somália fez um lindo gol. Depois do tento, a posse de bola continuou dominada pelo time da capital.

No entanto, foi a equipe campineira que assustou novamente. Renato Cajá bateu forte de fora da área e exigiu uma linda defesa de Denis. Com 38 minutos, Lucas cruzou falta, Cícero desviou de cabeça e Casemiro empatou o duelo.

Logo na sequência, William Magrão e Bruno Fuso se confundiram esperando a bola entrar na área, Lucas se antecipou, tocou com o bico da chuteira e ficou com o gol aberto para virar o duelo.

Na etapa final, o São Paulo seguiu pressionando e dominando todas as ações ofensivas. Aos 21 minutos, a estrela de Luís Fabiano brilhou. Após passe de Cortez, o atacante virou e bate no contrapé do arqueiro Lauro, que entrou na vaga de Bruno Fuso que se machucou.

Com esse tento, Luís Fabiano chegou a 300 com a camisa do São Paulo e o sétimo na Copa do Brasil, se tornando artilheiro ao lado de Guerron.

Aos 27 minutos, Douglas enfiou uma boa bola para Jadson, mas a finalização do meia parou no goleiro Lauro. Com o resultado a seu favor, o São Paulo começou a ser mais prudente sem se arriscar muito.

Com 45 minutos, Roger enfiou boa bola para Renato Cajá, e o meia mandou para o fundo da rede de Denis, mas o juiz marcou impedimento.

Agora, o São Paulo enfrenta na próxima semana o Goiás. O primeiro duelo das quartas de final será no Morumbi.

Salvador

Na capital baiana, o Bahia venceu a Portuguesa por 2 a 0 e também se garantiu na próxima fase da Copa do Brasil.

Duelos das quartas

São Paulo x Goiás
Palmeiras x Atlético-PR
Vitória x Coritiba
Bahia x Grêmio 

Sem mais artigos