O argentino Lisandro López marcou neste sábado o gol que garantiu o Lyon o título da Copa da França, acabando com o sonho do Quevilly, clube semiprofissional da terceira divisão do país e que para chegar a final eliminou grandes times, como Olympique de Marselha e Rennes.

Foi a oitava vez que o Lyon disputou a decisão da Copa, obtendo seu quinto troféu, levantado desta vez pelo zagueiro Cris, capitão da equipe. O Quevilly, por sua vez, havia sido vice também em 1927, ano em que perdeu para o Olympique.

O time dirigido pelo técnico Rémi Garde não teve vida fácil no Stade de France, encarando um adversário empolgado com a própria campanha e com a oportunidade de fazer história. O gol salvador aconteceu aos 27 minutos do primeiro tempo, quando Lacazette fez a jogada e Lisando López completou.

A partida continuou aberta. O Lyon não conseguiu ampliar a vantagem e esteve ameaçado até o final. Mas o Quevilly criou muitas chances para incomodar o goleiro Hugo Lloris. 

Sem mais artigos