Do maior bíceps ao chute mais forte, compilamos os recordes mais surpreendentes do esporte

Do maior bíceps ao chute mais forte, compilamos os recordes mais surpreendentes do esporte

Recordes esportivos foram feitos para serem quebrados, certo? Alguns deles, contudo, são praticamente impossíveis de serem ao menos alcançados. Existem também aqueles que são inimagináveis ou, no mínimo, curiosos, como o dono do maior bíceps do mundo, o atleta mais forte do planeta ou mesmo o saque mais potente da história do tênis.

Apesar de estarem, em sua maioria, no Guinness Book (Livro dos Recordes), e terem números altos em seus respectivos esportes, os detentores dessas marcas inusitadas não gozam do mesmo prestígio de nomes como Messi, Cristiano Ronaldo, Roger Federer, Kobe Bryant, Michael Jordan e Pelé. Ou por acaso você já ouviu falar de Moustafa Ismail, Ricardo Blas Junior, Paul Sturgess, Hossein Reza Zadeh, Darren Taylor, Asuka Teramoto e Robert Forstemann?

Esses atletas ‘desconhecidos’ estão, juntamente com o brasileiro Ronny, o holandês Arjen Robben e o tenista australiano Sam Groth, em nossa lista de atletas cujos recordes no esporte são os mais inusitados e inacreditáveis possíveis. Duvida? Clique na galeria abaixo e mate sua curiosidade.

Único brasileiro presente em nossa lista #mainstrindie de recordes, o lateral-esquerdo Ronny detém o título de chute mais potente e rápido da história do futebol. Em 2006, quando ainda defendia as cores do Sporting, de Portugal, o ex-Corinthians, hoje no Hertha Berlim, da Alemanha, cobrou uma falta tão forte que a bola alcançou a incrível velocidade de 221 km/h. Se liga na pancada no vídeo abaixo.

Ronny e o seu chute de 221km/h

Sem mais artigos