O ex-jogador francês Claude Makelele comparecerá na próxima quinta-feira ao Tribunal Correcional de Versailles, ao sudoeste de Paris, para explicar a briga tida com uma ex-namorada em outubro de 2010, segundo divulgado nesta quarta-feira pelo jornal “Le Parisien” e confirmado depois pelo advogado do atleta, Stanislas Panon.

Ex-volante de Real Madrid, Chelsea e Paris Saint-Germain, entre outras equipes, Makelele teria agredido a britânica Thandiwae Ojeer, que apresentou uma denúncia contra o ex-atleta após uma forte discussão entre os dois. O francês, por sua vez, a denunciou por agressão, de acordo com a imprensa francesa.

A briga aconteceu em outubro de 2010, quando o ex-jogador, atualmente com 39 anos, discutiu com a ex-namorada depois que ela entrou em sua residência sem permissão.
Os bombeiros e as forças de ordem, chamados ao local do incidente, comprovaram que Ojeer, atualmente com 37 anos, tinha um hematoma na mandíbula e a levaram ao hospital de André-Mignot, em Chesnay.

Enquanto isso, Makelele se dirigiu à delegacia, onde explicou à Polícia que a então namorada entrou em sua residência sem autorização para reaver alguns objetos que dizia serem dela e iniciou a discussão, arranco uma corrente do pescoço do ex-volante e arranhando seu rosto. O ex-jogador disse que então revidou atingindo-a na mandíbula.

O ex-atleta a denunciou por violência voluntária. Ojeer, por sua vez, o acusou formalmente de roubo e reconheceu à Polícia que esteve na residência do ex-namorado, mas disse que foi ele quem iniciou a briga.

Segundo o advogado de Makelele, o cliente tentou sem sucesso chegar a um acordo com Ojeer, sem recorrer à Justiça.

O francês se aposentou em maio de 2011, quando era capitão do Paris Saint-Germain, mascontinuou vinculado ao clube, fazendo parte da comissão técnica.

Sem mais artigos