<br>
O Manchester United ameaçou e cumpriu. O clube inglês denunciou, nesta segunda-feira, o Real Madrid à Fifa, entidade máxima do futebol, por conta do assédio dos espanhóis em cima da estrela dos Reds, Cristiano Ronaldo. Há alguns meses o time de Madrid sonda o português, mas os ingleses já declararam que Ronaldo não está à venda.

No entanto, o jogador português já afirmou que se dependesse exclusivamente de sua vontade, se trasnsferiria para o Real Madrid. "Sim, eu gostaria de jogar no Real Madrid. Isso se for verdade que eles estão dispostos a gastar comigo e com o Manchester United o que eles dizem. Mas isso não depende de mim", comentou.

O assédio do clube merengue a Cristiano Ronaldo começou desde que se encerrou a temporada européia. A imprensa do mundo inteiro vem noticiando dirigentes do Real dizendo que não medirão esforços para trazer o português ao Santiago Bernabéu.

<b>Veja o comunicado do Manchester United:</b>

<i>No dia 27 de maio, Manchester United deixou clara a sua intenção de denunciar o Real Madrid à Fifa se ele continuasse a tentar interferir no futuro do Cristiano Ronaldo.

A natureza e a precisão do conteúdo serão mantidos de forma confidencial.

Departamento de Comunicação do Manchester United</i>

<b>LEIA MAIS</b>
<a target=_blank href=http://www.virgula.com.br/esporte/novo/nota.php?ID=25310>Cristiano Ronaldo é o vencedor da Chuteira de Ouro

Sem mais artigos