O Manchester United é um dos clubes que mais preza o seu estádio, o Old Trafford, gigante que suporta mais de 75 mil torcedores. Tanto é que o clube tem uma lista bem grande de itens que as pessoas não podem levar para lá, e, agora, a direção vetou que pessoas entrem com tablets e outros produtos eletrônicos maiores no tempo chamado de “Teatro dos Sonhos”.

De acordo com matéria do jornal The Manchester Evening News desta terça-feira (12), os Red Devils querem evitar que grandes porções das partidas ali jogadas sejam gravadas nos dispositivos móveis. A novidade foi divulgada por meio de um e-mail oficial do clube para os seus torcedores registrados.

Maioria da torcida já obedecia a nova política: sem tablets, pelo menos, nesta foto

“Queremos deixar você a par da política do clube sobre as partidas em casa. Torcedores não podem levar aparelhos eletrônicos grandes (maiores que 150 mm x 100 mm) dentro do estádio. Por exemplo, iPads ou outros tipos de tablets e laptops são agora proibidos”, pode-se ler no comunicado.

Além dos eletrônicos e de, obviamente, facas e armas de fogo, o Manchester United proíbe que o pessoal leve para Old Traffor bebidas enlatadas, garrafas de plásticos escuros, caixas de bebida, copos de plástico, copos de vidro, filmadoras, dardos, explosivos, sinalizadores, malas grandes ou pastas, guarda-chuvas grandes, bandeiras maiores que 2 m x 1 m ou de natureza ofensiva, mastros, varas, ferramentas, rádios, bombas de fumaça ou de gás e câmeras telescópicas ou com lentes grandes. Ufa!

A nova política já vale a partir de hoje, no amistoso que os ingleses fazem contra o Valencia. Ainda assim, o clube transmite partidas ao vivo desde o seu site oficial, como podemos ver pela arte observada para o jogo contra os espanhóis, onde se pode ler: “Assista ao vivo on-line”.

Sem mais artigos