Um dia depois de ter discutido asperamente e até trocado empurrões com o atacante Mario Balotelli durante um treino do Manchester City, o técnico Roberto Mancini procurou na última sexta-feira (04) minimizar a importância do ocorrido.

Mancini e seu compatriota Balotelli foram fotografados quando estavam a ponto de irem às vias de fato. Outros jogadores e integrantes da comissão técnica tiveram que intervir para separá-los.

“Acho que as fotos mostram o pior do que aconteceu. Não foi nada de mais. Não houve briga, isso não é verdade”, afirmou o treinador em entrevista coletiva antes do jogo deste sábado contra o Watford, pela Copa da Inglaterra.

Segundo explicações dadas por Mancini, a discussão aconteceu depois que Balotelli cometeu uma entrada mais dura no também atacante Scott Sinclair.

“Estávamos fazendo um treino coletivo, e Mario acertou um companheiro de equipe. Eu lhe disse: ‘saia, deixe o campo de jogo’. Ele me disse que não sairia, e eu o empurrei para fora”, relatou.

Sem mais artigos