Atual treinador do Al Wasl, equipe dos Emirados Árabes, Diego Maradona comemorou o “êxito” da operação da presidente Argentina, Cristina Kirchner, e enviou uma mensagem de apoio à governante.

“Viva Cristina. Vamos jogar para nossa ‘presi'”, diz a mensagem que Maradona enviou de Dubai, a qual foi publicada nesta quinta-feira pelo jornal esportivo Olé.

Maradona afirmou que a operação de Cristina Kirchner – realizada na última quarta-feira, em um hospital da periferia de Buenos Aires -, é “mais importante” que o trabalho que realiza na direção técnica do Al Wasl, time que disputa a Copa Emirados de futebol.

“Depois de terminar (a operação) com sucesso, pedimos permissão para fazer um brinde com champagne entre os três ‘cristinistas’ em Dubai: Diego, o profe Javier Vilamitjana e o ‘El Negro’ (Héctor) Enrique. Agora, vamos por mais…”, escreveu o ídolo e ex-treinador da seleção Argentina.

Aos 58 anos, Cristina Kirchner está internada no Hospital Austral, situado na periferia de Buenos Aires, onde retirou com sucesso um tumor maligno no lobo direito da tireoide.

Segundo o relatório médico divulgado na última quarta-feira, a operação ocorreu “sem nenhum inconveniente e complicação”, sendo que a governante apresentou uma “boa recuperação pós-operatória”.

Militantes do partido peronista Frente para a Vitória, liderado pela Chefe de Estado, permanecem às portas do hospital à espera de um novo boletim médico. Os fiéis de Kirchner prometem manter essa vigília até que a presidente receba alta, a qual está prevista para o próximo sábado. 

Sem mais artigos