O lateral esquerdo Marcelo, do Real Madrid, negou nesta terça-feira (26) ter relação ruim com Cristiano Ronaldo por frase, que afirmou ter sido “má interpretada”, em que disse que o companheiro não merecia conquistar o prêmio Bola de Ouro de melhor jogador do mundo.

“Não aconteceu nada disso. Eu estava com a seleção (brasileira) e um jornalista perguntou se o Casillas merecia a Bola de Ouro. Eu disse que sim, como Cristiano merecia e outros jogadores também. Vocês (jornalistas espanhois) criaram uma confusão incrível”, afirmou o defensor, sobre declaração dada no fim do ano passado.

Incomodado com as questões sobre o jogador português, Marcelo garantiu que não tem nenhum problema com o camisa 7, em entrevista coletiva concedida na véspera do duelo contra o Galatasaray, pela quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

“Minha relação com Cristiano é muito boa. Querem criar uma coisa que não existe. Sempre respondo tudo muito feliz e querem criar coisas. Me irrito também, não sou de ferro”, disse o brasileiro.

Para evitar qualquer problema para o futuro, Marcelo, que não vota no prêmio Bola de Ouro – só técnicos e capitães de seleções têm esse direito -, garantiu que está torcendo pela vitória do companheiro neste ano.

“Quero que Cristiano Ronaldo vença. Ele merece não só por esta temporada, mas pelo cara que é. Trabalha muito e está em um grande nível faz muito tempo”, declarou o lateral.

Sobre outra polêmica, a da decisão de Diego Costa, do Atlético de Madrid, defender e seleção espanhola, recusando convocação para vestir novamente a camisa do Brasil, Marcelo preferiu não comentar.

“Não tenho nada que opinar e não posso opinar. É uma decisão dele e, logo, não posso dizer nada mais”, concluiu o atleta. 

Sem mais artigos