O desembarque da delegação do Palmeiras em Porto Alegre foi marcado por protesto dos torcedores. Indignado com as críticas feitas ao elenco, o volante Marcos Assunção chegou a encarar a principal torcida organizada do Alviverde e teve que ser contido pelos seguranças. Apesar do episódio, o técnico Luiz Felipe Scolari declarou que não quer que o atleta repita a atitude.

“A verdadeira torcida é a que torce pelo seu time. Mas provavelmente, daqui um tempo, nós teremos um episódio em que o sindicato terá que tomar partido. Temos associações no Brasil que servem para quê? São só fantasia?”, afirmou.

Indagado sobre o assunto, Assunção destacou que não vai considerar mais cobranças consideradas injustas e declarou que manterá o mesmo rendimento dentro de campo, apesar dos últimos acontecimentos. “Se nós levássemos para campo, as coisas ficariam muito mais difíceis do que foram neste domingo. O importante é que fizemos uma grande partida depois de todo o tumulto”, comentou.

Na próxima rodada do Brasileiro, o terceiro colocado Palmeiras, dono de oito pontos até o momento, enfrentará o Avaí no próximo domingo (19). O jogo será realizado no Canindé a partir das 16h.

Marcos Assunção: "Torcida palmeirense não me intimida"

Sem mais artigos
Sair da versão mobile