Musa do vôlei, Mari Paraíba mantém o rótulo mesmo depois de anunciar sua aposentadoria. Em entrevista ao quadro “Tá em Casa”, do programa “Tá na Área”, do “Sportv”, a gata revelou que a grana recebida na Playboy ajudou na decisão de abandonar a modalidade.

“Eu já vinha pensando há alguns anos, mas como não tinha feito nada além do vôlei, só tinha terminado o segundo grau, não tive oportunidade de fazer uma faculdade, eu pensava em parar e estudar. Dai surgiu o convite da revista, que eu sai, e como recebi uma grana boa, eu falei ‘acho que esse é o momento de parar já que eu não quero mais, estou com um dinheiro bom, vou estabilizar minha vida e fazer o que eu quero mesmo”, disse.

Apesar de revelar que não era mais feliz jogando vôlei, Mari faz questão de exaltar a importância da modalidade em sua vida.

“Vôlei me deu tudo, tudo que consegui foi através do vôlei. O tempo que era feliz jogando, eu continuei jogando, a partir do momento que não me via mais feliz fazendo aquilo, eu resolvi parar”, completou a gata que não tem frustração por nunca ter atuado pela seleção.

“É muito difícil chegar na seleção brasileira e eu sou considera uma atleta baixa, para seleção e para qualquer clube. Eu tinha de fazer muito a mais para chegar lá”, afirmou Mari, que tem 1,80m de altura e já sabe o que quer daqui para frente.

“Hoje, o que eu quero é trabalhar na televisão”, finalizou.

Sem mais artigos