O italiano Massimiliano Allegri confirmou neste domingo (05) em entrevista coletiva que deixará o cargo de técnico do Milan no fim desta temporada, o que poderá aumentar ainda mais a especulação em torno da contratação do holandês Clarence Seedorf, meia do Botafogo, para a função.

“Falei com Galliani antes do Natal e comuniquei a decisão de sair em junho. Estive aqui por quatro anos, agradeço ao presidente Berlusconi, a Adriano Galliani (executivo-chefe e vice-presidente do clube), a diretoria, por me proporcionarem estar em uma equipe tão importante”, disse o comandante, que negou deixar o clube antes do fim do contrato, em junho.

A conversa de Allegri com os jornalistas aconteceu na véspera do duelo do Milan contra o Atalanta, pela 18ª rodada do Campeonato Italiano. O time de Kaká é o 13ª colocado, cinco pontos na frente do Sassuolo, primeiro entre os clubes que estariam rebaixados nesta temporada.

“Ainda temos metas a alcançar. Deveremos fazer todo o possível para subir no Italiano, temos a Copa da Itália, a Liga dos Campeões, na qual estou muito confiante. Tenho o desejo de terminar este meus quatro anos no Milan da melhor maneira”, garantiu o italiano.

Nos últimos meses, a imprensa italiana tem apontado constantemente para Seedorf como o sucessor de Allegri. Alguns meios chegaram a noticiar que já haveria acerto do clube rossonero com o jogador do Botafogo, o que não foi confirmado por nenhuma das partes.

Desde o ano passado, o jogador do Milan entre 2002 e 2012 faz, à distância, curso de técnico promovido pela Federação Holandesa de Futebol. No Brasil, Seedorf chegou a estagiar no Nova Iguaçu e no Boavista, em que treinou a equipe sub-17 em amistoso.

Recentemente, na Holanda, o meia participou dos treinos do Almere City, clube que disputa a segunda divisão do país, e é treinado pelo ex-goleiro Fred Grim, seu companheiro de Ajax desde as divisões de base do clube.

Sem mais artigos