O meia nigeriano Christian Obodo, que atuou pelo Lecce na última temporada, foi sequestrado neste sábado, na sua cidade natal, Warri, no sul da Nigéria, onde passava férias.

Segundo fontes oficiais nigerianas, citadas pela imprensa italiana, o atleta de 28 anos, que pertence a Udinese, foi sequestrado por um grupo de homens armados nos arredores de uma igreja, quando estava em seu automóvel.

A Polícia nigeriana acredita que o jogador teria se tornado alvo dos criminosos quando estes identificaram a placa do seu carro, que levava a inscrição “Obodo5”.

O cunhado de Obodo, Obidike Okechukwu, que está na cidade de Udine, onde o atleta mora, revelou que os sequestradores já fizeram contato com a família. A mãe do jogador recebeu uma ligação com pedido de resgate de 150 mil euros (mais de R$ 380 mil).

Okechukwu contou que a mãe de Obodo afirmou aos bandidos que os bancos estavam fechados e que não havia como obter esse valor. O irmão do jogador Kenneth Obodo, que também atua na Itália, pelo Pisa, também está na Nigéria.

O meia sequestrado chegou ao futebol italiano em 2001, contratado pelo Perugia. Em 2005 se transferiu para Udinese, depois de ter passado também pela Fiorentina. E neste ano fez parte do elenco do Lecce.

Sem mais artigos