Pelo terceiro ano consecutivo, o atacante argentino do Barcelona Lionel Messi figura como o mais bem pago do mundo do futebol no ranking da revista francesa “France Football”.

Atrás dele aparece o meia inglês do Los Angeles Galaxy David Beckham (31,5 milhões de euros) e o atacante do Real Madrid Cristiano Ronaldo (29,2 milhões euros).

Na lista geral dos atletas ricaços, no entanto, o argentino é apenas o sétimo. Na frente dele estão os golfistas Tiger Woods (52 milhões de euros) e Phil Mickelson (46 milhões de euros ), e os jogadores de basquete dos Los Angeles Lakers Kobe Bryant (39 milhões de euros) e do Miami Heat LeBron James (37 milhões de euros). Completam a lista, o tenista suíço Roger Federer (36 milhões de euros) e o piloto da Mercedes de Fórmula 1 Michael Schumacher (34 milhões de euros).

Messi, de 24 anos, tem salário de 10,5 milhões de euros, inferior ao de Cristiano Ronaldo, de 13 milhões de euros, mas sua renda é maior por causa dos contratos de publicidade e pagamento de bônus, revela a revista.

As bonificações por metas de Messi subiram na temporada passada para 1,5 milhão de euros (após ganhar o Campeonato Espanhol, a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes), frente aos 700 mil euros de Cristiano Ronaldo, que conquistou o título da Copa do Rei.

Os contratos publicitários renderam ao atacante do Barça 21 milhões de euros, enquanto o português do Real Madrid recebeu 15,5 milhões de euros.

Beckham, por sua vez, embolsou 4,8 milhões de euros de salário e 700 mil euros de bônus, ao quais somou 26 milhões de euros de receita publicitária, acrescenta a revista.

Entre os brasileiros, Kaká aparece na nona posição, com (15,5 milhões euros) e o atacante do Santos Neymar em 13º, com 13,8 milhões de euros em ganhos.

Pela mesma classificação, os mais bem pagos nos últimos anos foram Messi (2012, 2011 e 2010), Beckham (2009 e 2008), Ronaldinho Gaúcho (2007 e 2006), Beckham (2005, 2004 e 2003), Zidane (2002 e 2001), Del Piero (2000) e brasileiro Ronaldo (1999).

Messi é o jogador de futebol mais bem pago do mundo; Kaká é 9º e Neymar 13º

Sem mais artigos