O Milan desperdiçou neste domingo a oportunidade de ampliar sua vantagem de cinco pontos na liderança do Campeonato Italiano ao empatar em 1 a 1 com o lanterna Bari, em partida válida pela 29ª rodada, enquanto a Roma levou a melhor sobre a Lazio, 2 a 0, graças a dois gols do veterano Francesco Totti.

A equipe ‘rossonera’ poderia chegar aos 64 pontos, abrindo sete de diferença para a rival Inter de Milão, que na sexta-feira também ficou no 1 a 1 com o Brescia, mas teve atuação ruim e por pouco não saiu do gramado do estádio de San Siro com uma derrota.

Com os brasileiros Thiago Silva, Robinho e Alexandre Pato e Robinho em campo, os anfitriões saíram atrás no placar aos 39 minutos do primeiro tempo, graças ao gol do húngaro Gergely Rudolf.

Desperdiçando chance atrás de chance e ainda com dois gols anulados, um de Robinho e outro de Ibrahimovic, o Milan viu sua situação ficar ainda pior aos 28 minutos da etapa final, quando o sueco viu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Coube ao atacante Cassano, que substituiu Robinho, evitar o pior para os ‘rossoneri’. O ex-jogador da Sampdoria aproveitou cruzamento de Antonini aos 35 e mandou para a rede, marcando o gol de empate.

Apesar de ter freado o líder, o Bari segue rumo ao rebaixamento, ainda no último lugar do campeonato, com 17 pontos, a 12 de deixar a zona perigosa.

A grande partida do dia, por conta da rivalidade, aconteceu no Estádio Olímpico de Roma. Como se esperava, o confronto foi bastante pegado, e nos últimos minutos o romeno Radu e o argentino Ledesma, ambos da Lazio, foram expulsos. No fim, placar de 2 a 0 para a Roma, que derrotou o rival pela quinta vez seguida.

Com o resultado, o time do técnico Vicenzo Montella, que teve os o goleiro Doni e o zagueiro Juan como titulares e os meio-campistas Rodrigo Taddei e Fábio Simplício entrando no segundo tempo, se manteve no sexto lugar, com 69 pontos, dois a menos que a Lazio, de André Dias, Matuzalem e Hernanes, que está na quinta posição.

O clássico começou com uma bola no travessão do chileno David Pizarro para a Roma, mas os gols saíram apenas na segunda etapa, com Totti mostrando precisão na bola parada. Aos 25 minutos, o meia acertou bela cobrança de falta; aos 45, converteu pênalti.

O resultado no Estádio Olímpico favoreceu a Udinese, que goleou o Cagliari fora de casa por 4 a 0 e chegou à terceira colocação, com 53 pontos. Benatia, Sánchez e Di Natale (duas vezes) construíram o placar elástico.

A equipe de Udine pode ser ultrapassada pelo Napoli, que também tem 53 e mais tarde fechará a rodada visitando o Parma.

Sem mais artigos