O zagueiro Miranda, do Atlético de Madri, negou nesta quarta-feira que existe alguma estratégia específica para marcar o atacante Fernando Torres, do Chelsea, na decisão da Supercopa da Europa, que acontece daqui dois dias, apesar de admitir preocupação com a presença do rival.

“É um jogador de muita qualidade, mas temos um sistema defensivo muito forte, marcando em zona. Não vamos mudar nossa forma de jogar”, explicou o ex-zagueiro do São Paulo.

Titular da equipe madrilenha, que conquistou a Liga Europa na última temporada admitiu o talento dos jogadores do Chelsea, atual campeão da Liga dos Campeões, mas garantiu que o Atlético pode surpreender: “Nossa equipe é muito boa e podemos criar algum problema”, comentou.

Outro brasileiro da equipe titular dos ‘Colchoneros’, o lateral-esquerdo Filipe Luis, fez questão de jogar o favoritismo para o lado da equipe de Stamford Bridge. “Temos as nossas armas. Somos uma equipe sólida, que se conhece e que é vencedora”, afirmou.

O jogador ainda garantiu que o técnico argentino Diego Pablo Simeone só tem um pensamento para o duelo desta sexta-feira “ganhar”. Filipe ainda garantiu que está recuperado de lesão muscular que o tirou da estreia do Campeonato Espanhol, contra o Levante, afirmando que se sentiu bem, no duelo realizado na segunda-feira contra o Athletic Bilbao. 

Sem mais artigos