O ano terminou bem para os jogadores do Cruzeiro com a goleada sobre o Atlético Mineiro e a permanência na Série A. No entanto, a temporada não foi das positivas, exceto para Montillo que apesar das dificuldades, se superou e faturou a Bola de Prata como um dos melhores meias do Brasileirão. O atleta viu a temporada como positiva apesar das adversidades.

“O ano para mim, individual, foi muito bom. Cheguei na seleção, o Cruzeiro me deu essa possibilidade de chegar na seleção maior”, disse o argentino.

Apesar da gratidão ao Cruzeiro por ter ajudado a crescer no cenário sul-americano, Montillo ainda deixa em aberto a possibilidade de deixar a Toca da Raposa.

“Tenho muito respeito pelo Cruzeiro, gosto muito do clube, do time, eles fizeram um investimento muito grande para me manter aqui. Mas, como eu falei, futebol é um trabalho e tenho que pensar assim. E vai depender da diretoria, se a diretoria quiser que eu fique, vou fazer esforço para ficar”, disse Montillo que gostou da temporada realizada.

Sem mais artigos