O treinador espanhol Manolo Preciado, que amanhã seria apresentado como novo técnico do Villarreal, faleceu em Valência, aparentemente vítima de um infarto fulminante durante a madrugada desta quinta-feira, segundo confirmaram à Agência Efe fontes próximas ao clube.

Preciado, que tinha 54 anos e passava alguns dias em uma cidade litorânea próxima a Valência, não pôde ser reanimado pelas equipes de socorro.

Considerado um dos treinadores mais carismáticos do futebol espanhol, Manolo Preciado tinha o carinho de torcedores, profissionais do futebol e jornalistas por ser atencioso, amável e simpático.

O último trabalho do treinador foi no Sporting Gijón, clube que o dispensou na metade da última temporada.
Preciado chegaria ao Villarreal, rebaixado na campanha recém-finalizada, com duas ascensões à Primeira Divisão no currículo: com o Levante, em 2004, e com o próprio Sporting Gijón, em 2008.

Recentemente, o treinador perdera a esposa e um de seus dois filhos após um acidente de trânsito.

Sem mais artigos