O técnico português José Mourinho, do Chelsea, detonou nesta sexta-feira (14), em entrevista coletiva concedida em Londres, seu companheiro de profissão, o francês Arsène Wenger, que comanda o Arsenal.

“Ele é um expecialista em fracassar”, garantiu o treinador dos Blues, em resposta ao colega.

Wenger disse dias atrás que Mourinho não admite que o Chelsea é favorito ao título do Campeonato Inglês porque tem medo de não sair campeão no fim da competição.

“Se ele tem razão e eu estou preocupado em fracassar, deve ser porque não fracassei tantas vezes”, afirmou o português.

Mourinho ainda aprofundou as críticas ao colega, que não conquista um título desde 2005, quando o Arsenal venceu a Copa da Inglaterra, ao bater o Manchester United na decisão.

“Wenger é realmente um especialista, afinal passou oito anos sem levantar um troféu. Isso que se chama fracassar. Se eu faço isso no Chelsea, tenho que ir embora e não voltar mais”, garantiu o português.

Os dois técnicos têm longo histórico de polêmicas, que foi aberto em 2005, quando Wenger acusou Mourinho de “colocar o esporte em perigo” devido suas estratégias defensivas. Além disso, o francês chamou o português de mal-educado.

O comandante do Chelsea respondeu dizendo que o técnico do Arsenal é um “voyeur”, por “gostar de olhar para os outros, se preocupando mais com as outras equipes do que com a sua.

Sem mais artigos