Fabiana Mürer terminou o seu excelente ano com chave de ouro. No Troféu Brasil, a saltadora com vara superou a ansiedade e faturou o lugar mais alto do pódio.

“Foi um ano realmente maravilhoso. No começo, fui campeã do Mundial Indoor, que eu achava que seria impossível. Isso me deu confiança para o restante da temporada. Na Diamond League, a partir da etapa de Mônaco, comecei a ver que era difícil, mas possível. Terminar o ano com uma vitória no Troféu Brasil é maravilhoso”, afirmou Mürer.

A ansiedade de Mürrer foi ainda maior pela presença de sua família e amigos nas arquibancadas. “Eu salto aqui pouquíssimas vezes no ano. Essa foi apenas a minha segunda competição no Brasil em 2010. Então, eles quase não conseguem me ver no estádio. Eu gosto, estou acostumada com essa torcida, com o incentivo”, completou.

Salto Triplo

Sem Maurren Maggi que sentiu uma tendinite no quadril, Keila Costa teve certa facilidade para faturar o ouro na competição do salto triplo. A atleta chegou a marca de 6,61m.

Mürer supera ansiedade e fatura o ouro no Troféu Brasil; Keila Costa também vence

Sem mais artigos