O treinador Muricy Ramalho anunciou, nesta sexta-feira, a renovação de contrato com Santos em entrevista coletiva realizada no CT Rei Pelé na tarde desta sexta-feira.

Com isso, o técnico ficará no clube até o final de 2012, estendendo em oito meses o vínculo vigente, que ia até abril ou o final da participação do clube na Libertadores, o que ocorresse depois.

O acerto, contudo, pode ser rompido de imediato em caso de um convite da CBF para dirigir a Seleção Brasileira durante o vínculo. Em 2010, Muricy foi convidado, mas teve que declinar do convite porque o Fluminense não o liberou. O contrato também pode ser invalidado em caso de (uma improvável) vitória da oposição nas eleições deste sábado.

“Vou ficar até o fim de 2012. Era um projeto do Santos fazer mais longo e acho que está bom. Antes do fim do ano se tiver tudo bem, a gente pode fazer novamente. Seria segurança para mim, só que contrato curto é bom, faz com que trabalhe mais para permanecer”, afirmou o técnico.

Sem mais artigos