Eliminado nas quartas de final do torneio de Roland Garros após ter sido derrotado pelo espanhol David Ferrer nesta quarta-feira, o britânico Andy Murray, número quatro do mundo, elogiou os semifinalistas e considerou que todos eles mereceram estar entre os quatro melhores do torneio.

“Acho que os quatro melhores do mundo no saibro estão nas semifinais”, resumiu Murray, que em quase quatro horas de partida contra Ferrer foi derrotado por 3 sets a 1, com parciais de 6-4, 6-7(3), 6-3 e 6-2.

O britânico disse ainda que vê o também espanhol Rafael Nadal como favorito a conquistar o que seria seu sétimo título no saibro francês, mas ressaltou que os outros três tenistas ainda vivos no segundo Grand Slam da temporada também tem chances de ficar com o troféu.

“Rafa claramente tem uma vantagem, mas todos estão jogando muito, muito bem”, declarou Murray que, ao falar da derrota desta quarta, elogiou a solidez do adversário.

“Ferrer teve muitos acertos nos momentos-chave. Estou em um bom momento e joguei um bom tênis, até o final, mas não consegui quebrar o saque dele. Tive muitas oportunidades nos últimos sets e perdi longos pontos quando eu sacava, o que não me ajudou”, comentou.

O britânico afirmou ainda que se reunirá com sua equipe para decidir sobre sua preparação para o próximo Grand Slam, que acontece em Wimbledon, daqui a três semanas.

“Amanhã (sexta-feira) me sentarei e começarei a conversar isso com minha equipe, procurando uma melhor forma de chegar bem em Wimbledon”, finalizou.

Sem mais artigos