O espanhol Rafael Nadal reafirmou sua condição de número 1 do mundo no primeiro dia do ano, diante de seu principal adversário, o suíço Roger Federer, ao vencê-lo na final do torneio de exibição de Abu Dhabi em dois desempates (7-6(4) e 7-6(3)).

Abu Dhabi é um palco tradicional de fim de ano para o espanhol em um torneio que sempre foi finalista: uma vitória, no ano passado contra o sueco Robin Soderling, e uma derrota, há dois anos para o escocês Andy Murray.

Abu Dhabi não é um torneio oficial. Não conta pontos para a ATP. Mas o confronto deste sábado ficou à margem dos eventos amistosos que costumam protagonizar. Como os dois beneficentes que disputaram duas semanas atrás, em Zurique e Madri. 

Sem mais artigos