Eleito Bola de Ouro pela Placar/ESPN, o atacante do Santos Neymar não demonstrou estar chateado por não estar presente entre os três finalistas do prêmio da Fifa. De acordo com o jovem santista, os três nomes indicados mereceram.

“Achei jutas as escolhas. Sempre falei que o Messi é melhor do mundo. O Cristiano Ronaldo tem feito um ano muito bom e foi merecido. O Xavi pelo que ele faz também é impressionante. Achei justo. Os três são merecedores”, disse Neymar após receber a Bola de Ouro do Brasileirão.

No entanto, Neymar ainda pode comemorar outro prêmio nesta temporada. O atacante está entre os três finalistas do prêmio Puskas, dado ao melhor gol do ano.

“Estou entre os três finalistas do prêmio Puskas. Espero ganhar. Este ano está sendo maravilhoso para mim”, completou o jovem santista.

Para os que acham que a indicação entre os 23 melhores do mundo possa fazer Neymar ter o prêmio na próxima temporada como prioridade, o santista dá o recado.

“Não jogo para ser o melhor do mundo ou para entrar na lista. Jogo para ajudar o Santos a conquistar título e porque amo jogar bola”, finalizou.

Sem mais artigos