…Nada melhor que ganhar ouro.

No último sábado, Daiane dos Santos encantou a todos com seu brilho e competência. Os alemães aplaudiram, entusiasmados, nossa ginasta. Quando o assunto é solo, ninguém contesta – a brasileira é a melhor do mundo. Não foi à toa que recebeu o título de melhor atleta de 2003 do Comitê Olímpico Brasileiro.

Homenagem ao 8 de março, a menina risonha vira mulher cada vez que entra em cena. Na decisão da etapa de Cottbus na Copa do Mundo conquistou nota 9,762. Mais que na etapa de Stuttgart, no ano passado, quando alcançou os 9,575.

Porém, esses números podem ser arredondados. Entre pirueta e outra, sabemos que ela merece 10. Motivo de orgulho, a atleta eleva o nome do Brasil no exterior, faz bonito, emociona a todos por onde passa. Já deixou sua marca na história do esporte mundial. Por tudo isso, embora ainda seja uma garota na idade, Daiane é um exemplo de mulher esforçada, profissional e de muita garra.

Parabéns, Daiane! Obrigada por mais uma vez deixar a mulher em evidência.

Aproveito para desejar felicidades e sucesso às mulheres e oferecer uma medalha de ouro simbólica a cada uma. Afinal, hoje é o nosso dia!

<a href="mailto:mulheresemcampo@corp.virgula.com.br"><font face="Verdana" color=#FFFFFF>Mande um e-mail dizendo o que você achou da Coluna</font></a>

Sem mais artigos