O uniforme da Espanha para os Jogos Olímpicos de Londres segue gerando polêmica entre os atletas do país. Dessa vez, alguns usaram o Twitter para demonstrar o descontentamento.

“Nossa senhora! Que vergonha”, escreveu a saltadora Ruth Beitia, campeã europeia em sua prova.

“Com a roupa das Olimpíadas, vamos parecer as aeromoças da Singapore Airlenes”, acompanhou a tenista Anabel Medina.

Independentemente da polêmica, a Bosco Sports, responsável por produzir os uniformes, já colocou os produtos a venda. As roupas de natação e shorts, os trajes mais baratas, saem por 38 euros (R$ 94). As mais caras são a jaqueta e a calça que custam 140 euros (R$ 348).

Apesar da polêmica entre os atletas, Alejando Blanco, presidente do Comitê Olímpico Espanhol, defendeu os trajes.

“A escolha, economicamente, é irrepreensível. Que o design tenha desagradado mais ou menos alguns, isso eu não posso discutir.

Sem mais artigos