Após informar que o meia Lionel Messi havia recusado três propostas para deixar o Barcelona no último dia 18 de outubro (clique aqui e relembre), o jornal espanhol Mundo Deportivo revelou nesta terça-feira (05) o nome dos clubes que tentaram tirar o camisa 10 do Camp Nou. Tratam-se de Real Madrid, Bayern de Munique e Chelsea, todos eles patrocinados pela Adidas, empresa que ajudaria uma das equipes em uma oferta que chegaria na casa dos € 250 milhões (R$ 740 milhões).

Fornecedora alemã de materias esportivos das três equipes citadas, a Adidas também é a patrocinadora de Messi, o que ajudaria na negociação. De acordo com a publicação, a empresa estaria disposta a desembolsar € 125 milhões (aproximadamente R$380 milhões), o equivalante a metade do valor da multa rescisória do argentino. Além disso, ela ainda cederia ao clube que conseguisse convencer o jogador a realizar a transferência cerca de 40% do seu passe.

Segundo o Mundo Deportivo, a proposta da Adidas chegou primeiro ao jogador, que a repassou para o diretor de futebol do Barcelona, Raül Sanllehí, apenas para o dirigente ter o conhecimento do interesse dos rivais. A publicação garante que Messi não quis nem ouvir as três propostas de Real Madrid, Chelsea e Bayern de Munique, o que fez com que o dobro fosse oferecido, mas também recusado.

Sem mais artigos