Em virtude do terremoto seguido de tsunami que atingiu principalmente a região nordeste do Japão na última sexta-feira, os organizadores do Campeonato Japonês anunciaram nesta segunda a suspensão de todos os jogos previstos para o mês de março.

Foram adiadas exatamente 41 partidas, entre Copa da Liga Japonesa e primeira e segunda divisão do Campeonato Japonês. Ainda existe a possibilidade de mais partidas serem canceladas em abril, o que complicaria a o futuro das competições.

“O assunto é muito grave. Com as réplicas e sem poder garantir a segurança do público nos estádios fica difícil. Os jogos de março estão cancelados”, disse o representante da organização do campeonato, Kazumi Ohigashi.

Apesar de os jogos locais estarem suspensos, a Federação Japonesa de Futebol confirmou os dois amistosos da seleção marcados para este mês – contra Montenegro no dia 25, em Shizuoka, e ante a Nova Zelândia, em Tóquio, quatro dias depois.

“Esses jogos vão realmente significar alguma coisa. As partidas estão a duas semanas de acontecer e precisamos enviar uma mensagem para o resto do mundo. Precisamos informar às pessoas que Tóquio é funcional”, afirmou o secretário-geral da federação, Kozo Tashima.

Ainda não está decidido se a seleção japonesa irá ou não participar da Copa América, que será realizada em julho, na Argentina. Os japoneses iriam entrar na competição como convidados por terem vencido a Copa da Ásia deste ano.

Sem mais artigos