O ministro do Esporte Orlando Silva está sendo acusado de corrupção. Em sua reportagem de capa, a revista “Veja” traz informações de que o político teria recebido propina na garagem do ministério, em Brasília.

A revista entrevistou o policial militar João Dias Ferreira, que foi preso no ano passado acusado de ser um dos cabeças de um esquema que utilizava ONGs como fachada para arrecadar verba para o PCdoB, partido ao qual Orlando Silva é filiado. O ministro teria recebido o dinheiro das mãos de Célio Soares Pereira, outro envolvido no esquema.

A polícia de Brasília prendeu cinco pessoas no ano passado acusadas de desvio de dinheiro do programa Segundo Tempo, criado pelo Ministério do Esporte para incentivar crianças carentes a praticarem atividades físicas.

De acordo com a reportagem, o esquema pode ter desviado mais de R$ 40 milhões nos últimos oito anos. Orlando Silva está em Guadalajara, onde estão sendo realizados os jogos Pan-Americanos.

Sem mais artigos