Momento de decisão do vôlei nacional. O principal torneio brasileiro, a Superliga, começa neste fim de semana suas semifinais com grandes jogos, recheadas de campeãs olímpicas. Mari, Sheilla, Fofão, do São Caetano/Blausigel, enfrentarão Paula Pequeno, Carol Abulquerque, Sasá e Thaísa, do Finasa/Osasco, no duelo que é visto como final antecipada.

“As expectativas para a partida são as melhores, sem dúvida será um grande jogo, uma final antecipada. São duas grandes equipes que farão um grande espetáculo nas semifinais”, afirmou a oposto Sheilla em entrevista exclusiva ao VirgulaEsporte.

Apesar da previsão ser de duelos muito equilibrados entre as equipes paulistas, o Finasa/Osasco já possui uma vantagem. Nesta sexta-feira (3), a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) confirmou que a segunda partida da semifinal será em Barueri e não em São Caetano para viabilizar as transmissões televisivas, a primeira será em Osasco como o previsto na tabela.

No outro duelo, os times entram como menos estrelas, mas com objetivos claros. O Brasil Telecom enfrentará o Rexona-Ades para tirar o clube do Rio de Janeiro da decisão, que vem sendo dominada pela equipe de Osasco e carioca nos últimos anos.

Com o favoritismo, o Rexona contará também com campeãs olímpicas na reta final. A líbero Fabi e a meio-de-rede Fabiana, além da experiente Érika. Em contrapartida, o Brasil Telecom vem com a veterana Elisângela.

As duas partidas contarão com transmissão do canal fechado Sportv. Nesta sexta-feira (3), a emissora mostrará o duelo entre as gaúchas e cariocas às 20h30. Já no sábado (4), o jogo das paulistas ganha seu espaço na televisão às 19h.

Sem mais artigos