Apresentado na última quinta-feira, o técnico Oswaldo Oliveira terá que tratar do assunto do atacante Jóbson. De volta a General Severiano após passagens conturbadas por Atlético-MG e Bahia, o centroavante pediu uma segunda chance para voltar a brilhar com a Estrela Solitária.

“Eu torci muito pela reintegração do Jóbson. Eu o vi fazer gols incríveis. Ele é um atacante muito habilidoso e diferente. Ele é sensacional jogando bola. A sua inteligência é diferente, como Pelé e Garrincha. Vou abraçá-lo, quero muito ver aquele jogador de 2009, que fez um excelente campeonato. Para isso, porém, é preciso que ele se adeque à sociedade”, afirmou.

Porém, o comandante só poderá contar com o atleta a partir de março de 2012, quando termina a pena imposta ao atacante por conta de doping. Entretanto, o clube e o treinador tem acompanhado o rumo que o jogador tem tomado. Os dirigentes se mostram satisfeitos com toda a recuperação e evolução do avançado.

“Ele vai ser recebido de braços abertos. Se ele estiver aberto para uma mudança, vai encontrar em mim todo o apoio necessário. É isso que eu quero e, se ele quiser também, estaremos todos juntos”, completou.

Sem mais artigos