Após a difícil vitória fora de casa por 1 a 0 em cima do Granada, na segunda-feira (26), o meia Mesut Özil, do Real Madrid, não gostou muito de ter sido substituído (por Casemiro) e saiu do estádio sem dar entrevistas. No dia seguinte, a imprensa europeia divulgou que o Manchester United estava interessado no futebol do alemão.

Só que o próprio jogador tratou de rechaçar a possibilidade de deixar os Blancos e, em entrevista divulgada pelo site oficial do clube nesta quarta-feira (28), disse que seu lugar é em Madri e que pretende conquistar muitos títulos com a camisa merengue.

“Quero ter muitos êxitos com o Real Madrid. Conto com a confiança do treinador e estou muito bem”, garantiu o camisa 10.

Depois, tratou de deixar clara a sua vontade de continuar na capital espanhola.

“Escreveram bastante na imprensa sobre outras equipes, mas tenho contrato com o Real Madrid e fico aqui. Tenho a confiança do treinador e estou feliz. Além disso, tenho contrato até 2016. É um prazer e uma honra poder jogar no Real Madrid”, pontuou.

O Real venceu os dois encontros que teve até agora no Campeonato Espanhol e, para Özil, isso é a única coisa que importa.

“Estamos felizes porque ganhamos os dois jogos e somamos os seis pontos. Temos que jogar melhor, mas há muito espaço para melhorar. Fazemos parte de um clube com jogadores especiais e estou certo que vamos ganhar títulos este ano. Temos objetivos e cada um de nós tem um papel. Esse é um dos maiores motivos para continuar aqui”, avaliou.

Em tempo, comentou como é trabalhar ao lado de uma das lendas do futebol, o francês Zinédine Zidane.

“Era o meu ídolo. Quando o vi pela primeira vez fiquei muito nervoso. É uma pessoa extraordinária que nos ajuda muito”, disse.

Özil rebate possibilidade de saída do Real Madrid: ‘Estou feliz aqui’

Sem mais artigos