As mudanças no Palmeiras já começaram. Salvador Hugo Palaia assumiu o cargo de presidente do clube, enquanto Luiz Gonzaga Belluzzo está afastado, e fez alterações na diretoria do time.

Após tomar posse, Palaia dissolveu a diretoria palmeirense e criou um conselho gestor formado pelos vice-presidentes Clemente Pereira Júnior, Gilberto Cipullo e Edvaldo Frasson Teixeira, o diretor administrativo Wlademir Pescarmona, o diretor financeiro Francisco Busico, o diretor de planejamento José Cyrillo Jr., o conselheiro e membro do COF Seraphim Del Grande, o assessor especial da presidência Fabio Raiola.

Apesar das mudanças na diretoria, o técnico palmeirense Luiz Felipe Scolari se manifestou informando que seu trabalho no clube seguirá normalmente.

“Através de sua assessoria de imprensa, o técnico Luiz Felipe Scolari informa que as mudanças nas diretrizes do novo presidente Salvador Hugo Palaia não vão interferir no trabalho diário do futebol do Palmeiras. A sua comissão técnica permanecerá com todos os profissionais que mantém o bom funcionamento do setor. A saber: auxiliar técnico Flávio Teixeira, preparador de goleiro Carlos Pracidelli e Fernando Miranda, preparador físico Anselmo Sbragia, gerente Sérgio do Prado e os coordenadores Marco Aurélio Galeano e Valdir Joaquim de Moraes, além dos profissionais de apoio e do outras áreas ligadas ao departamento. Luiz Felipe reitera o bom funcionamento diário no setor de futebol do Palmeiras”, divulgou o treinador em comunicado oficial.

Sem mais artigos