A torcida alviverde viveu momentos de apreensão nesta quinta-feira no Pacaembu, mas no fim pôde comemorar a vitória do Palmeiras por 2 a 1 sobre o Sporting Cristal, do Peru, na estreia das duas equipes na Taça Libertadores.

Os gols do Verdão foram marcados por Henrique e Patrick Vieira, com Lobatón – de pênalti – descontando para os peruanos.

O resultado deixa o Palmeiras com três pontos no Grupo 2, que ainda verá as estreias de Libertad, do Paraguai, e Tigre, da Argentina. Na próxima rodada, no dia 28, o Verdão irá a Assunção enfrentar o Libertad.

Mesmo sem jogar bem, o Palmeiras conseguiu abrir vantagem no primeiro tempo. O time até controlou as ações nos primeiros 45 minutos, em que os peruanos pouco atacaram, mas se ressentia da falta de criatividade no meio-campo.

Sendo assim, a melhor forma de criar perigo era através de cruzamentos na área. E foi assim que saiu o gol. Aos 38, Wesley bateu escanteio da direita e o zagueiro Henrique apareceu sozinho para cabecear e marcar.

O lance animou o Palmeiras, que teve duas grandes chances aos 43 e 44 minutos. Na primeira delas, Patrick Vieira chutou à queima-roupa e o goleiro Diego Penny pegou. Na sequência, Álvarez carimbou o próprio travessão ao tentar cortar cruzamento de Souza.

No início do segundo tempo, o Verdão levou uma ducha de água fria. Aos 6 minutos, Lobatón ficou com rebote de Fernando Prass e acabou derrubado dentro da área por Marcelo Oliveira: pênalti indiscutível. Na cobrança, o arqueiro alviverde até acertou o canto, mas não conseguiu impedir o gol de Lobatón.

O empate não fez bem aos jogadores do Palmeiras, que passaram a se irritar com a cera dos peruanos e errar passes em profusão. Ainda assim, o Verdão assustou aos 14, quando Vinicius bateu no canto e Penny defendeu.

Quando passava por um dos seus piores momentos na partida, o Palmeiras chegou ao seu segundo gol. Depois de jogada pela esquerda, Caio fez o papel de pivô na área e Patrick Vieira encheu o pé para marcar o segundo.

A vantagem serviu para controlar os nervos. Aos 33, o terceiro quase saiu em chute de Ronny, mas Penny salvou.

A difícil vitória, porém, não aconteceria sem um último lance de perigo. Quase no fim do jogo, Ávila ganhou de Weldinho na corrida e tentou encobrir Fernando Prass, que fez uma defesa salvadora, com a ponta dos dedos, para garantir o triunfo.

Palmeiras sofre, mas estreia na Libertadores com vitória

Sem mais artigos