O atacante brasileiro Alexandre Pato permanecerá pelo menos um mês fora dos campos por causa de uma luxação em um ombro sofrida este domingo durante o último jogo oficial da temporada da Liga italiana de sua equipe, o Milan, contra o Udinese em 0 a 0.

Segundo informa nesta segunda-feira o jornal italiano “Corriere dello Sport”, o próprio médico do Milan, Maurizio Gevi, confirmou na noite deste domingo após realizar uma primeira análise médica o alcance da lesão, que muito provavelmente obrigará o jogador a ficar fora da Copa América com a seleção do Brasil.

“Pato sofreu uma luxação escápulo-humeral no ombro esquerdo, mas não há fratura. Foi anestesiado e o ombro depois foi colocado em seu lugar. Por não haver fratura, portanto, não terá que ser operado, embora deverá ser colocado um protetor médico”, disse Gevi.

“Para a Copa da América não vai estar pronto. Ele terá que fazer depois reabilitação. Para ele a temporada terminou”, acrescentou.

Para informar sobre a lesão do jogador compareceu também perante a imprensa o executivo-chefe do Milan, Adriano Galliani, que indicou que Pato deverá ficar de repouso, quase imóvel, durante umas quatro semanas.

A lesão aconteceu aos 25 minutos da segunda etapa da partida entre Milan e Udinese em uma jogada infeliz com um rival, que o obrigou a ser retirado em maca do campo.Imediatamente depois da lesão, Pato foi levado a um hospital de Udine (nordeste da Itália) para uma primeira análise médica e esta previsto que esta segunda-feira se submeta a novos teste.

Sem mais artigos