Uma pesquisa do jornal argentino “Página 12” indica que seis em cada dez torcedores querem que Diego Maradona continue como técnico da seleção, apesar da eliminação da equipe na Copa do Mundo, com uma goleada sofrida para os alemães por 4 a 0.

Segundo a pesquisa, 63,5% dos torcedores argentinos preferem a continuidade de Maradona, enquanto 32% pedem sua saída.

A pesquisa foi feita com 400 pessoas, entre 18 e 74 anos, por telefone.

Além disso, para 40% dos entrevistados, os dados consagram o atacante Tévez como o jogador favorito da seleção, na frente inclusive de Messi (15,4%), quem não brilhou nesta Copa.

Muito perto de Messi, ficou o meia Mascherano (13,6%) e o atacante Higuaín (11,2%).

Apesar não superar as quartas de final, 69,1% dos entrevistados aprovam o desempenho de Maradona como técnico, enquanto 28,6% desaprovam.

Em relação à dolorosa derrota para a Alemanha, 52% dos entrevistados consideram que é responsabilidade de Maradona, enquanto 27,3% a atribuem aos jogadores e 20,8% não opinaram.

Sem mais artigos