O atleta sul-africano Oscar Pistorius quebrou seu silêncio público nesta sexta-feira para homenagear sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp, um ano depois que ele a matou com disparos de arma de fogo em sua casa em Pretória.

“Não tenho palavras para expressar adequadamente meus sentimentos sobre este acidente devastador que causou tanta dor a todos aqueles que de verdade amavam e continuam amando Reeva”, que na época tinha 29 anos, escreveu hoje Pistorius em seu site, em sua primeira mensagem pública desde a tragédia.

“A dor e a tristeza, especialmente pelos pais de Reeva, sua família e seus amigos, me consomem de dor”, acrescentou o atleta, em liberdade após pagamento de fiança desde o dia 22 de fevereiro e cujo julgamento por assassinato começará no próximo dia 3 de março em Pretória.

Na mensagem, Pistorius, cuja defesa garante que ele atirou contra Reeva (foto abaixo) pensando que se tratava de um assaltante que invadiu a casa, chamou a perda de um “trauma” que carregará pelo resto de sua vida.

A promotoria acusa Pistorius de atirar e matar a modelo com quem, segundo essa versão, teria tido antes uma discussão.

Pistorius obteve sua liberdade pagando uma fiança de € 80 mil, em uma série de comparecimentos nos quais a defesa e a acusação puseram sobre a mesa suas cartas para o julgamento.

Na última audiência judicial de Pistorius, que aconteceu no dia 19 de agosto, o juiz Desmond Nair manteve a liberdade provisória do atleta.

A alegação do promotor, de oito páginas, contém uma lista de 107 testemunhas que serão chamadas para prestar depoimento durante o julgamento.

A polícia sul-africana assegurou recentemente que já tem “todas as provas necessárias” para o julgamento, que será presidido pela juíza Thokozile Masipa.

O corredor sul-africano, de 27 anos, se tornou, em agosto de 2012 em Londres, o primeiro atleta sem as duas pernas a participar dos Jogos Olímpicos, nos quais chegou a se classificar para as semifinais da prova de 400 metros rasos.

Pistorius é conhecido popularmente como Blade Runner, em referência ao conhecido filme de Ridley Scott, pelas próteses de carbono que utiliza nas competições.

Sem mais artigos