Conhecido mais por suas declarações polêmicas do que propriamente pelo futebol apresentado dentro de campo, o inglês Joey Barton, atleta do Queens Park Rangers, usou sua conta no Twitter para atacar dois jogadores que atualmente são titulares do PSG: o brasileiro Lucas e, em especial, o meia argentino Pastore.

Acostumado a não ter papas na língua e sair atacando a tudo e a todos, Barton iniciou o seu discurso defendendo Lavezzi, que amarga a reserva do time francês. “Estou aqui sentado e não consigo entender por que Pastore e Lucas são titulares e o Lavezzi não. Sei que Pastore fez alguns gols, mas ele é horrível”, foi a primeira mensagem do inglês, que continuou. 

“Pastore não me tiraria uma bola de praia, nem se estivéssemos trancados em uma cabine de telefone. É um m…”, escreveu.

Insatisfeito em criticar somente a dupla de sul-americanos, Barton também fez questão de responder aos torcedores que defenderam Pastore no Twitter após suas palavras.

“Só aqueles que jogaram contra ele podem opinar. A maioria dos palhaços que dizem que ele é um jogador excelente precisam parar de jogar Fifa. Tem muita gente especialista pro aqui (Twitter). Por que vocês irão amanhã para os seus trabalhos e eu irei jogar futebol? Sim, sou melhor e sei mais do que vocês”, escreveu Barton, que concluiu.

“Adoro ouvir torcedores capazes de dar opiniões válidas, que vão aos estádios, tando dentro como fora de casa. Ao contrário daqueles que não capazes nem de chutar uma bola e assistem Sky Sports News o dia inteiro, jogam futebol somente no computador, só vêem futebol pela TV, cortam o cabelo como CR7, vestem réplicas de camisas com seus nomes, colocam em seus filhos nomes de jogadores famosos e contam a todo mundo que fizeram um teste em um clube quando tinham sete anos. Sinto muito. Ninguém se importa. Não sabem nada sobre este jogo que chamo de profissão. Continuem colecionando as suas figurinhas”, disse.

Pastore e Lucas não são os primeiros alvos do polêmico Barton. O zagueiro Thiago Silva, também do PSG, foi atacado pelo inglês, que disse que o defendor brasileiro “parecia um transexual”. Além dele, Neymar foi chamado de “Justin Bieber do futebol” e Ibrahimovic de “narigudo”.

Polêmico, inglês Joey Barton usa Twitter para atacar ‘titularidade’ de Lucas e Pastore

Sem mais artigos