A chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Martha Rocha, anunciou na noite da última segunda-feira (27) a criação de uma unidade especial coordenada para combater a violência em grandes eventos e evitar distúrbios entre torcidas organizadas.

O Núcleo de Apoio aos Grandes Eventos (Nage) estará integrado por oito delegacias especializadas que atuarão interconectadas, entre elas as do Consumidor (Decon), de Homicídios, Defraudações e a Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat, que ficará responsável pela coordenação do núcleo).

“A Polícia Civil não tolera que esse momento de confraternização, alegria e prazer seja manchado por um ato de vandalismo, de violência”, declarou Martha Rocha.

A medida faz parte das ações de planejamento de segurança em vista dos grandes eventos esportivos que o Rio de Janeiro sediará nos próximos anos como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

A delegada também pretende reunir-se com os presidentes dos quatro clubes grandes do Rio de Janeiro para revisar a venda exclusiva e distribuição gratuita de entradas a membros de torcidas em atos violentos.

A decisão foi tomada após 21 integrantes da Young Flu (torcida organizada do Fluminense) espancar e roubar dois torcedores do Vasco da Gama, no último sábado.

Além disso, no último dia 19, um torcedor do Vasco morreu baleado em uma briga com torcedores do Flamengo.

Sem mais artigos