Após a partida do último sábado (04) do Real Madrid contra o Valladolid, o zagueiro Pepe reclamou sobre sua atual condição de reserva no time, e ainda deu mostras de apoio a Iker Casillas, goleiro barrado pelo técnico José Mourinho.

As posições do luso-brasileiro não pegaram bem interna e externamente no clube, que estuda puni-lo, segundo informação do site do jornal espanhol Marca desta quarta-feira (08).

“Temos uma final de Copa (do Rei) chegando e não podemos ficar estas duas semanas em uma guerra de declarações entre o treinador e os jogadores”, disse a cúpula de diretores do Real Madrid.

Mourinho disse na terça-feira (07), em entrevista coletiva que Pepe está “frustrado”, pois “não é fácil para um homem de 31 anos ser atropelado por um garoto de 19”, fazendo alusão ao francês Raphaël Varane.

Para a próxima partida contra o Málaga, esta quarta-feira (08), o treinador já confirmou que na defesa jogam Nacho, Varane, Albiol e Coentrão, deixando o antigo titular fora até do banco.

 

 

Sem mais artigos