Famoso por ser um dos clássicos mais conhecidos do Estado de São Paulo, o tradicional duelo entre Botafogo de Ribeirão Preto e Comercial, o popular Come-Fogo, será disputado nesta quarta-feira (20), às 20h, no Estádio Santa Cruz, para um reduzido público de três mil pessoas por falta de segurança. Com capacidade liberada pelo Corpo de Bombeiros para receber até 30 mil pessoas, o estádio do interior paulista teve sua carga de ingressos reduzida por falta de uma empresa na cidade que possua profissionais capacitados para exercer um trabalho de segurança particular.

Válida pela quarta rodada da Copa Paulista, a partida deveria ter acontecido no último dia 3, mas foi adiada após desentendimento entre o Botafogo, a Federação Paulista de Futebol e a Polícia Militar sobre quem deveria fazer a segurança no estádio Santa Cruz. Com a obrigação repassa a equipe de Ribeirão Preto, mandante do Come-Fogo de número 166, o time do interior comunicou em nota que a carga total de entradas, dividida entre torcedores, imprensa e demais pessoas que irão trabalhar no evento, não poderá superar a marca das três mil pessoas.

Jogadores do Botafogo treinaram ontem no palco do clássico

Como manda a lei federal de n° 3.233/12, é determinado que em jogos considerados de grande porte, com público superior a três mil pessoas, os seguranças particulares contratados tenham um curso específico de aprimoramento. Como não há nenhuma empresa de segurança atualmente na cidade de Ribeirão Preto, segundo o Botafogo, que possua profissionais que tenham este tipo de curso, o clube teve que limitar o número de ocupantes do estádio durante o Come-Fogo em 10% da capacidade total liberada.

O Botafogo ainda confirmou, através da sua assessoria de imprensa, que as demais regras de segurança para a partida aos torcedores, que já eram executadas pela Polícia Militar seguirão sendo utilizadas. A PM ficará a cargo da segurança na área externa do estádio Santa Cruz e dará todo o apoio para a realização do clássico Come-Fogo.

Botafogo e Comercial já se enfrentaram no estádio Santa Cruz em 2014. Durante a disputa do Campeonato Paulista, o clássico Come-Fogo de número 165, vencido pelos donos da casa por 1 a 0 no dia 8 de março, 21.867 ingressos foram colocados à venda e 14.715 foram comercializados. Na oportunidade, a renda total da partida foi de R$434.115,00, sendo que R$ 125.104,34 desse montante foram gastos com despesas diversas, como anti-doping, seguro torcedor, fundo de manutenção, delegados e policiamento, que nesse jogo trabalhou dentro e fora do estádio Santa Cruz, segundo informação da Federação Paulista de Futebol.

Segundo colocado do Grupo 1 da Copa Paulista com 11 pontos, o Botafogo é a única equipe invicta de sua chave, mesmo estando a um ponto da líder Ferroviária. Já o Comercial está na terceira posição, com 9 pontos, atrás do seu maior rival. A Copa Paulista é um torneio realizado pela FPF, que une diversas equipes do interior de São Paulo e também da capital, que dá ao campeão uma vaga para disputar a Copa do Brasil do ano seguinte.

Sem mais artigos