O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores de Israel, Yigal Palmor, usou na última quinta-feira (24) a derrota do Brasil para a Alemanha na Copa do Mundo para rebater as críticas feitas pelo governo brasileiro de uso ‘desproporcional’ da força israelense na Faixa de Gaza. O que Palmor esqueceu é que, questões políticas e diplomáticas à parte, a seleção israelense de futebol também já foi goleada pelos alemães por 7 a 1, e não faz muito tempo.

“A resposta de Israel é perfeitamente proporcional de acordo com a lei internacional. Isso não é futebol. No futebol, quando um jogo termina em empate, você acha proporcional e quando é 7 a 1 é desproporcional. Lamento dizer, mas não é assim na vida real e sob a lei internacional”, disse Palmor, que parece ter se esquecido da goleada sofrida por Israel (assista no vídeo abaixo).

O revés aconteceu no dia 13 de fevereiro de 2002, em amistoso realizado em Kaiserslautern, na Alemanha, meses antes da Copa do Mundo daquele ano, realizada na Coreia do Sul e no Japão, vencida pela Seleção Brasileira. Sem contar que o atacante Miroslav Klose, campeão da Copa de 2014 no Brasil, estava em campo contra Israel e marcou três dos sete gols. Hamann, Bierhoff, Asamoah e Ricken completaram o placar.

Assista no vídeo abaixo os gols de Alemanha 7 x 1 Israel:

Sem mais artigos