<p>&nbsp;</p>
<p>A ex-equipe de Felip&atilde;o, agora treinada por Carlos Queiroz, perdeu de virada em casa com a Dinamarca. Ap&oacute;s estar vencendo por 2 a 1, gols de Nani e Deco (p&ecirc;nalti), a equipe sofreu a derrota com dois gols nos descontos, marcados por Poulsen e Jensen. Bendtner havia marcado o primeiro dos dinamarqueses.</p>
<p>&nbsp;</p>
<p>O portugu&ecirc;s Carlos Queiroz &eacute; o mesmo t&eacute;cnico que assumiu o Real Madrid apelidado gal&aacute;ctico, com Figo, Zidane, Ra&uacute;l e Ronaldo, sem obter nenhum resultado expressivo. Seu &uacute;ltimo cargo era de auxiliar de Alex Ferguson no Manchester United.</p>
<p>&nbsp;</p>
<p>A l&iacute;der do grupo &eacute; a surpreendente Alb&acirc;nia, que hoje venceu a lanterna Malta por 3 a 0. Erion Bogdani, Klodian Duro e Armend Dallku fizeram os gols da partida disputada no est&aacute;dio Qemal Stafa, em Tirana.</p>
<p>&nbsp;</p>
<p>&nbsp;</p>
<p>A Alemanha foi a &uacute;nica das equipes favoritas da Europa a trope&ccedil;ar na rodada das eliminat&oacute;rias europ&eacute;ias. A sele&ccedil;&atilde;o germ&acirc;nica visitou a Finl&acirc;ndia em Helsinque e precisou de tr&ecirc;s gols do centroavante Miroslav Klose para empatar em 3 a 3 uma partida em que esteve por duas vezes atr&aacute;s do placar.</p>
<p>&nbsp;</p>
<p>&nbsp;</p>
<p>A Holanda, fora de casa, tamb&eacute;m teve uma vit&oacute;ria apertada contra a Maced&ocirc;nia, por 2 a 1. Os gols foram de Heitinga e Van der Vaart. Pandev, de p&ecirc;nalti, diminuiu.</p>
<p>&nbsp;</p>
<p>&nbsp;</p>
<p>Nas outras partidas de grandes sele&ccedil;&otilde;es, nenhuma surpresa. Atual campe&atilde; europ&eacute;ia, a Espanha venceu a Arm&ecirc;nia por 4 a 0, com gols de Capdevila, David Villa (dois) e um do volante brasileiro naturalizado espanhol Marcos Senna.</p>
<p>&nbsp;</p>
<p>A Inglaterra enfiou 4 a 1 na Cro&aacute;cia, com tr&ecirc;s de Walcott e um de Rooney, com Mandzukic decontando. Mesmo placar deu a vit&oacute;ria &agrave; Fran&ccedil;a contra a S&eacute;rvia, com Henry e Anelka. Ivanovic descontou para a S&eacute;rvia.</p>
<p>&nbsp;</p>
<p>A It&aacute;lia contou com a boa atua&ccedil;&atilde;o do meia Daniele De Rossi para vencer a Ge&oacute;rgia por 2 a 0, em Udine, pela segunda rodada do grupo 8 das Eliminat&oacute;rias Europ&eacute;ias &agrave; Copa de 2010.<br />
&nbsp;</p>
<p>O jogador da Roma abriu o placar aos 17 do primeiro tempo, com um chute de longa dist&acirc;ncia com a perna esquerda. De Rossi deu n&uacute;meros finais &agrave; partida aos 44 da segunda etapa, quando recebeu dentro da &aacute;rea e chutou cruzado para o fundo da rede. Com o resultado, a It&aacute;lia lidera sozinha a chave, com seis pontos.</p>
<p>&nbsp;</p>
<p>&nbsp;</p>

Sem mais artigos